top of page
  • Foto do escritorJornal comunidade SC

Casamento no CATI: casal de idosos provam que nunca é tarde para amar

Atualizado: 5 de jul.

A cerimônia acontecerá durante a comemoração dos aniversariantes do mês e contará com muitas surpresas




Foto: PMSJ


m evento inédito e emocionante promete marcar os corações de quem frequenta o Centro de Atenção à Terceira Idade (Cati), nesta quarta-feira (29). Há duas semanas, um casal de idosos recebeu a notícia que ganharia uma festa de casamento completa, incluindo dia dos noivos, troca de alianças, trajes e uma noite de núpcias. A cerimônia será realizada durante a comemoração dos aniversariantes do mês e contará com muitas surpresas.

“Emocionados e ansiosos. Acho que isso nos define nesse momento. Estamos tão gratos por todo o acolhimento que temos no Cati. Essa é nossa segunda casa, segunda família, é o que nos une, nos fortalece e nos mantém vivos. Aqui encontramos carinho, amizade e amor. E nada mais especial do que poder oficializar nosso compromisso onde iniciamos e vivemos nossa história”, afirma a noiva Maria de Fátima da Silva.

Para a diretora do Cati, Karen Santos, o casamento de Edison e Maria é uma celebração não apenas do amor entre duas pessoas, mas também da importância de espaços como o Cati, que promovem a socialização, integração e experiências significativas para os idosos. “Será uma festa inesquecível, repleta de amor e emoção, que certamente ficará gravada na memória de todos os presentes”.

Relembre a história dos pombinhos

A história de amor entre Edison Espírito Santo, de 79 anos, e Maria, de 63 anos, começou de forma inesperada durante uma aula de dança de salão no Cati. Em julho de 2023 Edison surpreendeu a todos quando entrou ao som de “Como é grande o meu amor por você” e fazer o pedido de casamento para Maria, em meio aos aplausos e lágrimas de amigos e colegas presentes.

Edison, frequentador assíduo do Cati há mais de oito anos, revelou que Maria trouxe uma nova luz à sua vida desde o primeiro dia em que se conheceram. “Ela me fez reviver. Eu não era feliz e hoje a vida é leve ao lado dela. É muito bom ter uma companheira assim. A gente é estimulado a viver, sabe? Essa é a motivação do meu pedido”, declarou Edison.

Secretaria de Comunicação

7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page