top of page
  • Jornal comunidade SC

Lula e Alckmin são diplomados no TSE

Após execução do Hino Nacional, Moraes entregou os diplomas, assinados por ele, ao presidente eleito e ao seu vice



O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e o vice, Geraldo Alckmin (PSB), foram diplomados nesta segunda-feira (12) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo.

Os ministros do TSE foram as primeiras autoridades a ocupar seus lugares no plenário. Logo depois, o presidente do tribunal abriu a sessão solene. Moraes, então, designou dois ministros da Corte para conduzirem Lula e Alckmin ao plenário da Corte.


Após o Hino Nacional, Moraes entregou os diplomas, assinados por ele, ao presidente eleito e ao seu vice. Após a solenidade, entretanto, não há previsão de cumprimentos aos presentes.

O esquema de segurança também foi reforçado. A CNN apurou que o perímetro bloqueado ao redor do prédio da Corte foi maior do que na posse de Alexandre de Moraes na presidência da Corte, por exemplo.

Segundo o Código Eleitoral, no diploma devem constar o nome do candidato, a indicação da legenda sob a qual concorreu, o cargo para o qual foi eleito ou a sua classificação como suplente, e, facultativamente, outros dados a critério do juiz ou do tribunal.

Posse

No dia 1° de janeiro, acontecerá a posse dos novos presidente e vice-presidente da República, em Brasília.

Nesta tradicional cerimônia, o chefe de Estado eleito subirá a rampa do Palácio do Planalto e deve receber a faixa do atual mandatário. À CNN, Hamilton Mourão defendeu que Bolsonaro passe a faixa para Lula.

A equipe do petista, liderada por Janja, planeja um evento com a presença de mais de 300 mil pessoas, que contará com shows de diversos artistas nacionais.

0 visualização0 comentário
bottom of page