top of page
  • Foto do escritorJornal comunidade SC

São José se prepara para a Festa do Divino Espírito Santo

A celebração será realizada entre os dias 11 e 13 de maio, reunindo milhares de fieis no entorno da Igreja Matriz, localizada no Centro Histórico

Foto: Coroação do imperador da festa em anos anteriores


O Município de São José já está em clima da 172ª Festa do Divino Espírito Santo, que será realizada no próximo final de semana, entre os dias 11 e 13 de maio, reunindo milhares de fieis no entorno da Igreja Matriz, localizada no Centro Histórico. Algumas etapas já estão em andamento, como o envio das bandeiras do divino, que desde 31 de março percorrem diversos locais convidando as pessoas para as celebrações e iniciaram as Novenas do Espírito Santo e a Quermesse, que vão até o dia 9 de maio.

A penúltima novena, que antecede a Festa do Divino Espírito Santo, foi realizada na residência do casal festeiro Vânia Mattos e Saul Mattos, na última sexta-feira (3). A noite foi regada a muita fé, durante o momento de oração, partilha e união da comunidade reunida, enquanto recebia bênçãos do padre e a bandeira do divino. A próxima será realizada nesta terça-feira (7), às 19h, na comunidade Santo Antônio.

Como de praxe, a programação acontece seis semanas depois do Domingo de Páscoa e sete dias antes do Domingo de Pentecostes. Na sexta-feira (10), às 19h, as bandeiras retornam para a Igreja Matriz, seguida da tradicional Divina Sopa, que acontece na paróquia às 20h30, onde os fieis e a comunidade poderão desfrutar.

Programação

A 172ª Festa do Divino começa, de fato, no dia 11 de maio, com a missa de abertura e o cortejo da família imperial. No dia 12, as celebrações seguem com o cortejo, missas e o tradicional almoço. Já no dia 13, a programação é bem parecida, com a diferença da realização de um café colonial e uma missa especial, presidida pelo arcebispo da arquidiocese de Florianópolis, Dom Wilson Jonck, e a escolha do casal festeiro para 2025.

História

A Festa do Divino Espírito Santo foi instituída no ano de 1296, na cidade de Alenquer, Portugal. A festa é fruto de uma promessa da Rainha Isabel de Aragão, esposa de Dom Dinis, Rei de Portugal; para que a paz pudesse reinar entre Portugal e o Reino independente de Aragão que estavam em guerra. As promessas da Rainha Santa e do povo foram atendidas e a paz voltou a reinar.

O intuito dos festejos e comemorações é a promoção da paz, a vivência da caridade fraterna e a honra e devoção ao Divino Espírito Santo. Desde 1851, a Festa do Divino Espírito Santo é celebrada na Paróquia de São José, preservando e cultivando este forte traço da religiosidade, sendo base da identidade histórico cultural trazida pelos açorianos. Por sua importância, a festa é registrada como Patrimônio Imaterial, e está registrada no livro de celebrações como parte integrante dos bens culturais josefenses.

Secretaria de Comunicação

3 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page